DICA NA REGULAGEM DO MAF

Área para explicações passo a passo de como efetuar você mesmo a manutenção de seu absoluto.
Compartilhe experiências adquiridas durante a manutenção do seu carro.
Área também destinada a tutoriais.

Moderador: Moderadores

DICA NA REGULAGEM DO MAF

Mensagempor *THE GODFATHER* » 16 Mar 2010, 18:29

E ae galera, segue um vídeo com uma dica muito importante referente a regulagem do medidor de fluxo de ar. Abs!

http://www.youtube.com/user/DOUTORCARRO ... E48UVZUT5Y
http://www.omegaclube.com.br/forum/view ... hp?t=11051
MADE IN VOLTA REDONDA - RJ...MAS PAULISTANO DE CORAÇÃO!! OMEGA "BLACKBIRD" 2.0, PROCESSADOR ALCÓOL+POTENCIA, GLS, PRETO MEMPHIS, 93 C/ TETO, INSULFILM G5.
Avatar de usuário
*THE GODFATHER*
 
Mensagens: 732
Data de registro: 12 Set 2008, 11:28
Localização: SÃO PAULO

Re: DICA NA REGULAGEM DO MAF

Mensagempor Daniel Diplomata 87 » 17 Mar 2010, 13:18

Gostei, muito boa a dica.
Onde é a mecanica desse Doutor Carro heim??Porra o cara intende p/kct de carro....fora que pelo jeito ele é GMeiro né?huauhauhaa!!
Vendo: Manual do Proprietário + Garantia Original - Omega/Suprema 2.0 e 3.0, Kit Partida a Frio + Solenóide + Fiação + Mangueiras, e Chip de Potencia(Omega 3.0)

Next Omega: CD 4.1 1998 - Contagem Regressiva - 10 Meses
Avatar de usuário
Daniel Diplomata 87
 
Mensagens: 1406
Data de registro: 18 Set 2008, 11:25
Localização: Jundiaí SP

Como evitar que a MAF do seu carro se estrague..interessante

Mensagempor IGOR_05 » 17 Mar 2010, 14:36

Retirado de outro fórum ...

"Caudalímetro, Medidor de massa de ar, Debitómetro, AFM, MAF; são todas designações que se utilizam para identificar um dos componentes mais importantes e intervenientes na gestão dos motores modernos de injecção a gasolina ou diesel.

As MAFs funcionam, informando em tempo real a centralina de comando da gestão do motor, da massa de ar que passa no canal da admissão, intervindo por isso, no cálculo do avanço da abertura dos injectores, volume injectado, pressão da bomba de injecção (exceptocommon-rail) e pressão do turbo.

As MAF utilizadas pelas principais marcas de automóveis europeias, utilizam praticamente todas o mesmo princípio de funcionamento:

A MAF é composta de um corpo, onde para além de um segmento de conduta de admissão, também existe um sensor de massa de ar, respectiva placa de circuito electrónico de controlo e normalmente uma grelha de protecção ao sensor.

O sensor é composto de um filamento de liga de platina-tungsténio com uma espessura de 0.07 mm e com um comprimento de alguns centímetros, e varia a sua resistividade com a temperatura do ar.

As diferenças de resistividade é medidas atreves do cálculo em tempo real da tensão nos seus extremos.

Quando o motor está em funcionamento, o filamento é mantido a uma temperatura constantemente superior em 150 ºC em relação à temperatura do ar que passa por ele.

Este valor pode diferir ligeiramente consoante a marca e o país onde o carro é comercializado.

Quando o ar passa pelo filamento, a cada incremento de velocidade, corresponde uma diminuição de temperatura no filamento, e a cada decréscimo de velocidade do ar, corresponde um aumento de temperatura do filamento (dado que ele está constantemente a ser aquecido pela resistência auxiliar).

Essas diferenças de temperatura são registadas em tempo real por medição de tensão nos extremos do filamento, e depois de processada, essa informação é transmitida à centralina a qual em seguida cumpre a sua função de gerir o motor de acordo com os mapas que estejam a ser utilizados naquele instante.

O filamento é sensível a diferenças de temperatura da ordem de 0.05 a 0.1 ºC, portanto permite efectuar uma leitura fina da temperatura do ar que o atravessa.

Mas o que é que a temperatura tem a ver com massa e velocidade do ar?

Bom, quem anda de mota sabe perfeitamente, que a temperatura do ar, quando estamos parados é muito diferente de quando vamos a ripar!

Em movimento, o ar arrefece e quanto mais rápido mais frio se torna, sendo que fica menos frio quando decresce a velocidade.

Este fenómeno é válido para velocidades do ar até cerca da velocidade do som (340m/s), a partir daí, surge um outro fenómeno paralelo, que é a fricção a qual por atrito, começa fazer aquecer a superfície de contacto com os corpos que se desloquem no ar a essas velocidades. E de igual forma o mesmo princípio se aplica ao teor de humidade do ar. De facto, quanto mais húmido estiver o ar, para uma dada temperatura ambiente e em estado de repouso, maior o arrefecimento que provoca quando em movimento.

Com a pressão atmosférica, o filamento arrefece mais com maior densidade do ar (Altitudes baixas) e arrefece menos com menor densidade do ar (Altitudes altas).

Como todos estes parâmetros fazem variar a temperatura no filamento com diferentes ponderações, o que interessa é que este acaba por efectuar uma leitura conjugada dos três factores, permitindo, com muita precisão, determinar a massa de ar real que entra no motor.

Assim, a injecção está sempre a funcionar de acordo com todos os factores atmosféricos, sendo auto-ajustável.

Desta forma, para cada acréscimo ou diminuição de temperatura do filamento, provocado pelo ar entrando na admissão, o filamento arrefece mais ou menos, depois comunica essa diferença à resistência auxiliar que o aquece mais ou menos para o manter sempre à temperatura desejada (150ºC acima da temperatura ambiente).

Por fim, dado que para cada valor de variação de tensão da resistência auxiliar, corresponde um dado valor de velocidade que multiplicado pela secção da conduta, fornece o caudal, e dado que a massa é igual ao caudal a multiplicar pela densidade específica do ar, então neste momento a Dª Centralina possui todos os ingredientes para fazer a sua de Injecção à Moda do Diesel, ou do Otto.

Tenho visto muitos posts dizendo como se limpa a MAF, que a MAF está suja, etc.

Ora bem, vamos lá desmistificar isto.

O filamento sensor da MAF já possui um dispositivo de auto-limpeza!

Esse dispositivo actua da seguinte forma:

Quando o motor está em funcionamento, o filamento encontra-se constantemente a 150ºC acima da temperatura ambiente. Quando desligamos o motor, a MAF procede a uma limpeza Pirolítica, sendo que a resistência auxiliar aquece instantaneamente (tal como uma vela de incandescência, mas muito mais pequena) o filamento até cerca de 1.000 ºC durante cerca de 10 segundos.

Com isso, todos os resíduos de carvão, óleo ou fuligem de qualquer espécie são literalmente vaporizados. Por isso, quando a MAF se avaria, das duas uma:

Ou é o filamento que se fundiu ( tal como uma lâmpada de incandescência se funde regularmente), ou é a resistência auxiliar que deu o berro (dado que já não lhe faz a limpeza Pirolítica).

Assim, nada de andarem a esfregar e a escovar o filamento ou a dar-lhe com sprays, etc.

Isso, não lhe faz nada, dado que se o sistema estiver a funcionar em condições, o filamento já está limpo, sendo que assim, mais cedo o deterioram, por ataque químico e agressão mecânica (estamos a falar de um filamento com 0.07 mm de espessura).

O que se pode e deve limpar com frequência, é a grelha de protecção do sensor (MAF screen), a qual tem alguma tendência para ganhar resíduos no seu reticulado e assim criar condições de turbulência indesejada, ao qual o filamento, em virtude da sua pequeníssima secção, é muito sensível, enviando sinais ligeiramente alterados e intermitentes à centralina (provoca soluçar durante a aceleração em algumas rotações onde surge a turbulência).

Dado que o filamento efectua a sua auto-limpeza aquecendo até aos 1.000ºC durante 10 segundos após cada desligar do motor, e que necessita de cerca de 30 segundos para arrefecer abaixo dos 150ºC, o que é que acontece quando desligamos o motor e o voltamos a ligar antes de decorridos cerca de 40 segundos?

Isso mesmo!

Provocamos uma sobrecarga térmica momentânea no filamento, que lhe vai provocando deterioração prematura, dado que se ligarmos o motor antes do filamento ter tempo de arrefecer, a primeira coisa que o sistema faz é aquecê-lo logo para mais 150 ºC, mas como ele ainda vinha para aí nos 400 ou 500º C, calor + calor igual a um calor dos diabos! e vai daí PPPUUUFFF!!, MAF pó lixo, passa para cá mais 350 euros!!

Por isso, não liguem o motor novamente antes de terem decorrido cerca de 40 segundos a 1 minuto depois de o terem desligado. Acontece mais vezes do que se pensa.

Também não liguem várias vezes a chave até à posição 2 ou como se costuma dizer "ignição ligada, injecção ligada, check up, luzes do tablier acessas, etc."

Cada vez que o fizerem, estão a ligar as velas de incandescência de pré-aquecimento do motor, no caso dos diesel, gastando energia desnecessária e no caso geral estão também a aquecer o filamento da MAF repetidamente até mais ou menos aos 170 ºC (Temperatura ambiente+150ºC) e depois quando desligam estão a aquecê-lo até aos 1.000 ºC, provocando acumulação de carga térmica no filamento que o deteriora prematuramente.

Agora já começam a compreender porque é que as MAF, de vez em quando, fazem ppuufff ? Pois é!...

É lógico que às vezes a falha pode ser por causa da tal resistência auxiliar do filamento, mas que pode ser substituída muito economicamente. O filamento é que não dá hipótese. É logo, "vai comprar outra" ! "



Abços
**VENDO** Peças** Omega Suprema CD 3.0i ( Cambio Mecânico +CB + PD + TS + SUSP.AR original + Álcool+Potência ).
Cinza Bartok 1994
Rj-D.caxias
Feliz com nascimento de meu FILHO ENZO...
Avatar de usuário
IGOR_05
 
Mensagens: 169
Data de registro: 17 Ago 2008, 13:21
Localização: Duque de caxias- Rj

Re: DICA NA REGULAGEM DO MAF

Mensagempor Last_Warrior » 20 Mar 2010, 23:33

Noooo, babei!! Agora dá pra realmente entender o funcionamento desse bichinho... :shock: :D
GLS 2.2 96/97 Prata Huet No estaleiro quase pronto!
GLS 2.0A 94/95 Cinza Bartok completo - ABS
CD 4.1 98/98 verde west
CD 4.1 98/98 Branco Mahler manual + Couro
CD 3.8 98/99 Verde Capricórnio
Avatar de usuário
Last_Warrior
Moderador
 
Mensagens: 6705
Data de registro: 26 Set 2005, 14:21
Cidade: Uberlandia
Estado: MG

Re: DICA NA REGULAGEM DO MAF

Mensagempor Budha » 24 Mar 2010, 22:26

Essa dos 1000º C eu não tinha a menor noção, muito interessante mesmo :idea:
[]'s
Budha
Omega CD 3.8 2000/2000
Preto Phantom - "Black Phantom"
Regras do Fórum
Avatar de usuário
Budha
 
Mensagens: 5305
Data de registro: 19 Jun 2005, 22:22
Cidade: Mogi Guacu
Estado: SP

Re: DICA NA REGULAGEM DO MAF

Mensagempor Fernando.Diz » 25 Mar 2010, 12:48

Valeu The Godfhater.
Grande abraço.
OGLS 2.0 - 93/94 vermelho schumann
São Paulo.
"Aqueles que não conseguem lembrar o passado, estão condenados a repeti-lo."
Avatar de usuário
Fernando.Diz
 
Mensagens: 3441
Data de registro: 10 Abr 2008, 16:51
Cidade: Guarulhos
Estado: SP

Re: DICA NA REGULAGEM DO MAF

Mensagempor *THE GODFATHER* » 25 Mar 2010, 22:26

Foi um grande prazer dar um pequena contribuição para meus amigos! :uau:
http://www.omegaclube.com.br/forum/view ... hp?t=11051
MADE IN VOLTA REDONDA - RJ...MAS PAULISTANO DE CORAÇÃO!! OMEGA "BLACKBIRD" 2.0, PROCESSADOR ALCÓOL+POTENCIA, GLS, PRETO MEMPHIS, 93 C/ TETO, INSULFILM G5.
Avatar de usuário
*THE GODFATHER*
 
Mensagens: 732
Data de registro: 12 Set 2008, 11:28
Localização: SÃO PAULO

Re: DICA NA REGULAGEM DO MAF

Mensagempor adrielsarkis » 07 Out 2011, 14:51

Ressuscitando o tópico, alguém sabe me responder se o sinal do maf do 4.1 é analógico ou digital? pergunto porque estava pesquisando um módulo do tipo piggy-back da AEM e o vendedor me informou que só serve se for analógico...
CD 1996 TS+PD Prata
GLS 1993 TS Vinho
Avatar de usuário
adrielsarkis
 
Mensagens: 27
Data de registro: 09 Mai 2011, 19:34
Cidade: Manaus
Estado: AM

Re: DICA NA REGULAGEM DO MAF

Mensagempor Daniel menossi » 15 Mai 2012, 20:28

Voltando a este Tópico, postei um problema do meu carro em outro lugar mas acho que isso pode ter a ver com ele.

Meu carro esta dando estes "soluços" citados acima, e vem aumentando com o tempo, a um tempo atraz tive um problema com a bomba de combustível onde o carro morria várias vezes e eu dava várias partidas consecutivas até a bomba funcionar novamente, e pelo que me lembro o meu problema vem aumentando desde o então, será que por causa destas diversas partidas simultâneas eu possa ter queiamdo este filamento da MAF?

Como faço para testar sem precisar comprar outra MAF?

Obrigado desde já.
Daniel menossi
 
Mensagens: 7
Data de registro: 12 Mai 2012, 10:43
Localização: Mateus jose pires
Cidade: Sao Paulo
Estado: SP

Re: DICA NA REGULAGEM DO MAF

Mensagempor DenisMelo » 16 Mai 2012, 11:04

ola,

nunca ouvi falar de partidas consecutivas queimar maf.... é mais provavel que tenha queimado devido ao tempo de uso mesmo. abs
Denis Melo
Omega CD 4.1 1998 Prata - Space Ghost
Grand Cherokee 5.2 1993 Azul - Big
Opala “SS” 2.5 1973 Amarelo - Laranja Mecânica
May God bless you the same way he has been blessing me
Avatar de usuário
DenisMelo
 
Mensagens: 927
Data de registro: 22 Jun 2005, 12:49
Localização: SP
Cidade: Guarulhos
Estado: SP


Retornar para Faça Você Mesmo / Tutoriais

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 2 visitantes